Refletindo o Evangelho – Levante-se, vá para o meio e estenda sua mão!

Reflexão do Evangelho do dia 18/01/2012 –  Marcos 3,1-6

Ao mencionar que “outra vez, Jesus entrou na sinagoga”, Marcos relaciona esse episódio com o do homem possuído de um espírito impuro, na sinagoga de Cafarnaum. Quando o Senhor liberta o homem, os demônios Lhe perguntam se Ele queria “destruí-los”. Agora, quando Ele cura o homem da mão seca, são os fariseus e os herodianos que decidem “destruir” o Messias.

Jesus, com Sua prática, mostra que o serviço à vida não pode ser barrado por preceitos legais que atentam contra a própria vida. Uma religião de rígidos preceitos se presta ao favorecimento dos privilégios e do poder de suas elites.

Hoje vemos as maiores potências do mundo, que acumulam poder financeiro e militar e, muitas vezes, promoverem a guerra, buscando um respaldo religioso nessas atitudes. Os povos colocam a sua esperança em uma ética mundial para salvar a humanidade do caos e da destruição. Qualquer ética, seja religiosa ou secular, terá como fundamento o compromisso com a justiça e a fraternidade, as quais devem levar a ações práticas de promoção da vida para todos.

Um dos grandes feitos de Jesus aconteceu quando Ele estava na sinagoga e encontrou ali um homem que tinha uma das mãos atrofiada. O Senhor se encontrava diante de um desafio, não em relação à cura, mas sim por causa da religiosidade.

A religiosidade, se mal interpretada, pode deixar profundas marcas de derrota e fracasso. O que aquele homem estava fazendo dentro da sinagoga? A sinagoga era o lugar de adoração. Provavelmente ele estava lá porque fazia parte do grupo. Mas não havia experimentado um milagre em sua vida, porque estava vivendo uma religiosidade vazia e não a verdadeira fé.

Isso acontece nos dias de hoje. Quantos vivem esse tipo de religiosidade… Vivem debaixo de um jugo terrível. Aceitam viver a derrota simplesmente porque ainda não conheceram Aquele que era, que é e que há de vir. A atrofia na mão daquele homem, talvez tenha se agravado com o decorrer dos tempos. Talvez nascera assim. Era um quadro de conformismo.

Três coisas importantes o Senhor manda fazer antes de curar-nos da atrofia: “Levante-se, vem para o meio e estende a tua mão”.

Não existe nenhum registro na Bíblia de que Jesus tivesse curado alguém sem antes mandar que se levantasse. Até a menina de 12 anos, que havia morrido, filha do centurião recebeu uma ordem expressa de Jesus: “Talita cumi” (Menina a ti te digo: Levanta-te!). Outro episódio: o homem, que estava havia 38 anos deitado ao lado do tanque de Betesda, esperando que alguém pudesse ajudá-lo, ao encontrá-lo Jesus disse: “Levanta-te, toma a tua cama e anda”.

Você precisa se levantar neste momento! Deus não fará nada se você não se levantar. Levante-se agora em nome de Jesus! O seu passado não pode condená-lo porque nenhuma condenação há para os que estão em Cristo! A atrofia espiritual vai ser destruída agora porque o Senhor está mandando: “Levanta-te!”

 

Padre Bantu Mendonça

Anúncios

Sobre Doutrina Católica

O Doutrina Católica é um espaço mantido por fiéis leigos da Santa Igreja Católica. Estamos cansados de tantos ataques externos e tanto desconhecimento também dos próprios católicos, por isso nossa intenção com o blog é divulgar e defender a Igreja Católica. Estamos abertos a discussão e a parcerias, ajude-nos a crescer!
Esse post foi publicado em Refletindo o Evangelho, Reflexão e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s