Dia do Papa – Viva nosso Pastor!

Olá pessoal!

Na Solenidade de hoje, no qual se comemora do dia de São Pedro e São Paulo, também comemoramos o dia do Papa, sucessor do Apóstolo Pedro.

Por esta ocasião, trazemos alguns esclarecimentos sobre o Sumo Pontífice que constam no Youcat, o Catecismo Jovem da Igreja:

141 – Que missão tem o Papa?

Como sucessor de São Pedro e cabeça do colégio dos bispos, o Papa é garantia da unidade da Igreja. Ele possui a mais alta autoridade pastoral, quer doutrinal quer disciplinar. [CIC 880-882, 936-937]

Jesus concedeu a São Pedro uma singular precedência entre os apóstolos, que fez dele a superior autoridade na Igreja primitiva (Roma). A igreja local que São Pedro dirigia e o lugar de seu martírio tornou-se, após a sua morte, o ponto orientador da jovem Igreja. Cada comunidade devia estar em consonância com Roma, o que se tornou a medida da fé correta, íntegra e genuína. Até o momento presente, cada Bispo de Roma, tal como São Pedro, tem sido o supremo pastor da Igreja, cuja cabeça é, na verdade, Cristo; só assim o Papa é “representante de Cristo na Terra”. Como autoridade superior na pastoral e no ensino, vela pela transmissão pura da fé. Em casos necessários, deve revogar nomeações ou exonerar ministros ordenados por causa de erros graves de fé ou moral no exercício do seu ministério. A Unidade da fé e da moral, garantida pelo ministério pastoral, em cujo topo se encontra o Papa, produz, em parte, a capacidade de resistência e a difusão da Igreja Católica.

142 – Podem os bispos agir e ensinar contra o Papa e vice-versa?

Os bispos não podem agir nem ensinar contra o Papa; só o devem fazer com ele. Pelo contrário, o Papa pode, em determinados casos, tomar decisões mesmo sem a concordância dos bispos. [CIC 883-885, 880-890]

Efetivamente, o Papa está, nas suas decisões, unido à fé da Igreja. Existe algo que se chama o “sentido comum da fé da Igreja”, uma convicção fundamental nas coisas da fé, operada pelo Espírito Santo e corrente na Igreja, em certa medida designada por “senso comum da Igreja”, isto é, “aquilo que se creu sempre, em toda a parte e por todos” (São Vicente de Lérins).

143 – O Papa é realmente infalível?

Sim. Porém o Papa só fala infalivelmente quando proclama um dogma solenemente (ex cathedra), ou seja quando toma uma decisão vinculativa sobre questões de fé e de moral. Caráter infalível também podem possuir as decisões do colégio dos bispos em comunhão com o Papa, como são o caso das decisões dos concílios ecumênicos. [CIC888-892]

A infalibilidade dos Papas nada tem a ver com a sua integridade moral ou a sua inteligência. A Igreja é que é propriamente infalível, por Jesus prometeu-lhe o Espírito Santo para a manter e introduzir cada vez mais profundamente na Verdade. Quando uma verdade de fé evidente é repentinamente negada ou mal interpretada, a Igreja tem de ter uma última voz que explique vinculativamente o que é verdadeiro e o que é falso; trata-se da voz do Papa. Como sucessor de São Pedro e como primeiro dos bispos, tem sozinho poder de formular a indiscutível Verdade segundo a tradição da fé da Igreja, que essa Verdade é exposta aos crentes para toso os tempos como “digna de fé”; neste caso, dizemos que o Papa anuncia um dogma. Assim, um dogma não pode conter novidade a nível do conteúdo. Raramente é anunciado um dogma; o último foi apresentado em 1950.

Depois de entender um pouco mais, convido-vos a doar um pouquinho do seu tempo para que possamos orar a Deus pelo nosso Pontífice:

. Oremos pelo nosso Santo Padre, o Papa Bento XVI.

. O Senhor o guarde e lhe conceda longa vida, torne-o feliz na terra e não o deixe cair sob a ira dos seus inimigos.

 . Tu és Pedro

. E sobre esta pedra edificarei a minha Igreja.

Oremos: Deus, pastor e guia de todos os fiéis, olhai propício para o vosso servo o Papa Bento XVI, que constituístes pastor de vossa Igreja. Concedei-lhe, vos suplicamos, a graça de edificar seus súditos com suas palavras e exemplos, a fim de que, com o rebanho que lhe foi confiado, alcance a vida eterna. Por Cristo, Senhor nosso. Amém.

Sobre Doutrina Católica

O Doutrina Católica é um espaço mantido por fiéis leigos da Santa Igreja Católica. Estamos cansados de tantos ataques externos e tanto desconhecimento também dos próprios católicos, por isso nossa intenção com o blog é divulgar e defender a Igreja Católica. Estamos abertos a discussão e a parcerias, ajude-nos a crescer!
Esse post foi publicado em Notícias, Orações, Reflexão e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s