Polêmica: “O segundo filho de Deus” – Renato Aragão se defende à respeito de seu novo filme

Amigos, a paz!

No dia de hoje, o comediante Renato Aragão, publicou em seu blog sua resposta as notícias que vêm circulando pela internet entre outras coisas a respeito de seu novo filme.  Ele agradece o apoio ao Criança Esperança, defende sua família, empresa e por fim chega a polêmica de seu próximo filme – “O segundo filho de Deus”.

Em sua resposta ele diz que respeita os valores do povo brasileiro e sua cultura e diz ainda:  “[…] sou católico e temente a Deus. Jamais abriria mão de minha fé incondicional em Jesus, o Filho Único de Deus.  Gostaria, entretanto de relembrar que fé e ficção são áreas completamente distintas, mas que sempre despertaram polêmicas, desde Milton, em “Paraíso Perdido” até José Saramago em seu “Evangelho Segundo Jesus Cristo””.

Depois ele diz:  “[…]’realmente escrevi um roteiro provisoriamente intitulado “O Segundo Filho de Deus”[…] a qual vem sendo deturpada, dizendo inclusive que eu teria a pretensão de ser o “novo” Jesus!, ABSURDO.  O Didi é um grande atrapalhado, e em todos os filmes essa será sempre sua característica. Só para esclarecer, este roteiro inclusive já teve o título alterado para “O Segredo da Luz” e não há previsão para sua realização.”

Eu acredito que um título desses foi realmente mal pensado, de extremo mau gosto e contraditório para quem se diz cristão. Não sei o conteúdo da obra de ficção, mas continuo achando uma ideia no mínimo insensível, com este roteiro absurdo (pelo que foi divulgado), ainda se tratando de ficção. Alterar o nome do futuro filme para “O Segredo da Luz” a meu ver tem um cunho aparentemente duvidoso, pela ligação que se pode fazer… se é que me entendem.

Lamento todo este ocorrido e rogo a Deus que dê discernimento a nossos artistas, para que não sejam contraditórios em seus valores, mesmo quando estejam atuando, afinal quem é cristão, o é sempre em todos os momentos e deve testemunhar sua fé.

Em Cristo,

Leandro.

Leia mais em

Polêmica: “O segundo filho de Deus” – novo filme de Renato Aragão

Anúncios

Sobre Doutrina Católica

O Doutrina Católica é um espaço mantido por fiéis leigos da Santa Igreja Católica. Estamos cansados de tantos ataques externos e tanto desconhecimento também dos próprios católicos, por isso nossa intenção com o blog é divulgar e defender a Igreja Católica. Estamos abertos a discussão e a parcerias, ajude-nos a crescer!
Esse post foi publicado em Polêmicas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

5 respostas para Polêmica: “O segundo filho de Deus” – Renato Aragão se defende à respeito de seu novo filme

  1. Geninho disse:

    O segredo da luz com certeza é algo duvidoso. Creio que tudo que está relacionado a Jesus, à bíblia… está esclarecido, não há segredo nisso. Esse título só seria válido se o filme falasse de física e abordasse as propriedades da luz.

  2. Fernando de Sousa Farias disse:

    Não sei o motivo de tanto tumulto, pois a Biblia fala que devemos buscar viver a santidade,e se Deus nos fez sua imagem e semelhança e quese somos CRISTÃOS, é por que seguimos os exemplos de Jesus, ser Luz, ser o SAL DA TERRA, buscar sempre DAZER O BEM SEM OLHAR A QUEM. Renato Aragão é um senhor que muito fez e faz por nossas crianças, e fez para adultos, Não devemos só ficar dizendo AMÉM, devemos tomar atitudes dignas, talvez ele com seu jeitio atrapalhado e puro, EVANGELIZE MUITO MAIS as pessoas do que certos DOUTORES DA TEOLOGIA, que Gritam feitos loucos no altar, com a intenção de encher seu saldo bancario com o dinheeiro que extorquem dos pobres fieis, que bucam Deus. Parabens, Renato Aragão, pelo CRIANÇA ESPERANÇA, e por qual que coisa que voce tenha a iniciativa em fazer se for para o bem da humanidade!

    • Caro Fernando, a paz!

      Toda obra de caridade merece aplausos, se forem dignas e se ninguém se aproveitar dela para se autopromover, o que não imagino que aconteça com o Criança Esperança. Desta forma, parabenizo Renato Aragão pelo projeto. Mas enquanto a polêmica do roteiro, como não o li não posso afirmar com certeza do que se trata. Só sei que o que foi divulgado é uma ideia completamente desrespeitosa. Se ele teve a ideia de escrevê-lo, tendo o direito para tal, nós o temos o direito de não gostar e reprovar tal ideia. Isso se chama liberdade de expressão. Respeito acima de tudo.

      Em Cristo,
      Leandro.

  3. Lila Viana disse:

    Pra quê tanta polêmica? O homem quer fazer algo diferente, continuar seu trabalho em torno de algo que envolva fé. Todos somos filhos de Deus, Jesus foi nosso irmão e pai, conselheiro e restaurador da fé humana nos poderes do Pai.
    Deixem o Renato Aragão trabalhar em paz! Deixem que ele ponha o nome que quiser em seus filmes. Ele tem o direito! Se estiver errado, Deus saberá. Não cabe a nós tentar exercer o trabalho de Deus, julgando os irmãos e apontando que estão errados.
    Vocês falam tanto sobre doutrina cristã, mas agem como uns críticos natos, julgam e julgam e julgam “em nome de Deus”. Ora, por favor! Que sabedoria fajuta é essa?
    Deixem de olhar e criticar as atitudes e trabalhos alheios um pouco, e passem a olhar para as próprias atitudes! Ninguém é tão correto e dito cristão que possa apontar o dedo para um irmão a fim de julgá-lo de forma suja. Ouça-o e entenda-o. Questionam por uma explicação do homem e, quando a têm, dizem duvidar dela? Então, para quê questionar?

    Vocês falam tanto que nós cristãos somos perseguidos, mas o que eu acho é que, na maioria das vezes, são os cristãos “Jesus freak” que perseguem seus irmãos.
    Sejam sensatos, por favor!

    • Cara Lila, a paz!

      Jamais julgaremos alguém, condenando-o, pois como bem disse essa função é de Deus. Somos tão pecadores e insignificantes quanto qualquer outra pessoa nesta terra. Mas temos a liberdade de nos manifestar. Se muitos querem se manifestar com ideias bizarras, atitudes estranhas, comportamentos contraditórios é direito deles. Se queremos dizer que não concordamos com tal ideia também temos este direito. Não li o roteiro e só comentei o que foi divulgado, e pelo que li acho o roteiro de extremo mau gosto. Mas não julgo, quem sou eu para isso. Apenas comento. E mais… aplaudo outras iniciativas, como o Criança Esperança, que o próprio Renato Aragão apoia e incentiva. Isso se chama liberdade de expressão.
      Não somos críticos nem fajutos, e se estamos evangelizando pela internet é por notar esta carência, e por perceber que as pessoas não estão suficientemente evangelizadas. Não estamos apontando o dedo a ninguém, pois isso seria hipocrisia. Repito, se as pessoas têm a liberdade de expor uma ideia, temos a liberdade de concordar ou não e nos manifestar, nem por isso somos insensatos.

      Em Cristo,
      Leandro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s